segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

PRESIDENCIAIS 2016: Marcelo Rebelo de Sousa é o novo PR

 DISTRITO DE PORTALEGRE
 CONCELHO DE NISA
 FREGUESIA DE ALPALHÃO
Marcelo Rebelo de Sousa foi eleito Presidente da República na 1ª volta das Presidenciais 2016 realizadas neste domingo, dia 24 de Janeiro. Numas eleições marcadas por fortíssima abstenção (mais de 50%) o candidato da direita obteve 52,1 por cento dos votos expressos saindo vencedor em todos os distritos do território nacional.
No concelho de Nisa, Marcelo Rebelo de Sousa recebeu 1.444 votos (45,2%) seguido de Sampaio da Nóvoa com 994 votos (31,11%) e Marisa Matias, 281 votos (8,79%).
Sampaio da Nóvoa foi o candidato mais votado nas freguesias de Arez-Amieira, Montalvão e Santana, tal como pode ser observado nos quadros de resultados que acima publicamos.

sábado, 23 de janeiro de 2016

Meu Super abre loja em Alpalhão

O Meu Super, franchising alimentar da Sonae MC, abre no próximo dia 22 de janeiro, a loja de Alpalhão concretizando assim mais um significativo contributo para o desenvolvimento económico e social da zona de Nisa.
Esta nova abertura da marca Meu Super insere-se na estratégia de expansão da insígnia na região e tem por objetivo o crescimento e o cimentar de um relacionamento estreito com a localidade onde está inserida, com base nas relações de proximidade e assegurando a melhor proposta de valor, caracterizada pela variedade e qualidade dos produtos, sempre aos mais baixos preços.
Com 128m2, a loja Meu Super Alpalhão reforça a qualidade de serviços e produtos nesta zona tão importante do país. O Meu Super conta agora com mais de 200 lojas, distribuídas pelos 18 distritos de Portugal continental e ilhas.
De forma a potenciar a experiência de compra dos seus clientes, o Meu Super passa agora a integrar em todas as suas lojas o Cartão de fidelização do Continente, o maior cartão de descontos do país com mais de 1.900 milhões de euros de descontos concedidos desde o seu lançamento.
O Cartão Continente, que conta já com mais de 3.4 milhões de utilizadores e continua a apostar no seu serviço de excelência e de satisfação dos portugueses permitindo-lhes aceder a um conjunto de ofertas cada vez mais abrangentes, transforma-se desta forma no mais recente aliado de poupança da rede de mercearias de bairro da Sonae MC.
Loja Meu Super Alpalhão
Largo da Devesa nº 23, 6050-030 Alpalhão
Segunda a Sábado das 09h00 às 13h00 e das 15h00 às 20h00; encerra Domingos e Feriados
O ‘Meu Super’ iniciou a sua atividade em 2011 e, no final de 2013, o ‘Meu Super’ contava já com 70 lojas em todo o país. No ano 2016 a insígnia soma mais de 200 lojas, traduzindo a abertura média de uma loja em cada 5 dias ao longo do ano.
Atualmente a insígnia representa mais de 900 postos de trabalho, sendo um sucesso ao nível da criação e manutenção de emprego em Portugal.
Sem fees ou comissões à entrada, o formato está disponível a interessados da pequena distribuição de proximidade, em moldes bastantes competitivos, bem como a empresários que se pretendam estabelecer de novo neste mercado. Os parceiros da Sonae no ‘Meu Super’ beneficiam do know-how do maior retalhista e líder em Portugal; têm uma garantia de preços competitivos para uma gama ampla de produtos, incluindo os de marca própria Continente; usufruem de uma logística e de sistemas informáticos eficientes; participam na construção de um conceito de loja apelativo para o cliente com uma proposta de valor assente numa dinâmica promocional e num plano de comunicação local da marca ‘Meu Super’.
Para mais informações, por favor, contacte:
GCI | Cátia Mesquita |cmesquita@gci.pt | 213 591 530 | 93 405 89 57

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Festejos em honra do Mártir Santo no domingo

Com organização da Paróquia de Alpalhão, Movimento Teresiano do Apostolado - MTA e do Grupo Ciclo Alpalhoense realizam-se no próximo domingo, dia 24, os festejos em honra de S. Sebastião (Mártir Santo).
O programa tem início às 11 horas com a celebração da eucaristia dominical na Igreja Matriz e prossegue pelas 12 horas com o Leilão dos Ramos e a abertura do Bar e do stand do MTA no Largo Detrás do Adro.
Às 16 horas haverá actuação da banda da Sociedade Filarmónica Alpalhoense e às 17 horas tem início a procissão entre a Igreja Matriz e a ermida do Mártir Santo na saída para Castelo de Vide, prosseguindo os festejos pelas 18 horas.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

IN MEMORIAN: O Prof. Moura faleceu há 10 anos

Se ainda estivesse entre nós, o professor Moura completaria, amanhã, dia 19, setenta e dois anos de vida. Faleceu há 10 anos, a 11 de Janeiro de 2006, e aqui recordo a notícia que então escrevi no "Jornal de Nisa" de 18 de Janeiro, evocando o homem, o cidadão multifacetado, dinâmico, interveniente, dedicado à sua comunidade, à elevação dos padrões de qualidade de vida dos seus concidadãos e que nos deixou um raro exemplo de participação cívica e de trabalho em prol da dignificação do concelho.
Desportista, professor, cidadão íntegro
José Maria Pinheiro Moura, 61 anos, professor aposentado, faleceu na passada quarta-feira, dia 11 de Janeiro, na sua casa em Alpalhão.
A notícia da sua morte inesperada colheu toda a gente de surpresa e passou a ser o tema de todas as conversas entre pessoas de todas as idades que se interrogavam, incrédulas, com o falecimento de uma figura popular, não só de Nisa, sua terra natal, como em Alpalhão onde residia há 40 anos e um pouco por todo o distrito e região, onde a sua acção como professor, desportista, dirigente associativo e autarca era conhecida.

Não constituiu, por isso, um acontecimento inesperado, os milhares de pessoas que de todas as partes do país vieram até Nisa na manhã do dia seguinte, quinta-feira, despedir-se do amigo, do antigo professor, do treinador, do colega de equipa ou de profissão, numa impressionante manifestação de dor e despedida que ficou assinalada como das maiores que se fizeram na terra que o viu nascer.
Crianças, jovens, adultos e idosos, gente de todas as condições e profissões, integraram o extenso e compacto cortejo fúnebre que desde a Igreja da Misericórdia, numa imensa mole humana que inundou, como se fosse um mar de gente, as ruas Direita, Porta da Vila, da Fonte e da Fonte Nova até ao cemitério municipal, acompanhando os restos mortais de professor José Moura, numa derradeira, comovente e dolorosa despedida.

José Maria Pinheiro Moura partiu e deixa muita saudade.
Pelo seu carácter, pelo seu empenhamento, pelo seu dinamismo, pela sua postura de homem vertical e democrata.

Na simplicidade de um adeus, dir-lhe-ei apenas: repousa em paz!
Mário Mendes