domingo, 3 de fevereiro de 2008

A NOSSA CONTRADANÇA

Brilhou no Domingo Gordo
O nosso grupo em cortejo
É do mais alto primor
Alpalhão do Alentejo
Alpalhão do meu amor.
Há já uma tradição
Nas jovens de xaile e lenço
Que pertencem ao nosso Grupo
De Contradanças Alpalhoense.

Alpalhão matiz de flores
És tão sóbrio e fecundo
Alpalhão terra de amores
Não há tão linda no mundo!
O nosso grupo é alegre
É do mais alto valor
Tua graça nos enlaça
Alpalhão do meu amor

O nosso grupo é singelo
Como as estrelas do céu
É tão lindo, é tão belo
Que aos mais se impôs e ergueu.
Esta marcha onde eu vou
É da vila de Alpalhão
Terra com muito valor
Trago-te no coração!