quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

CARTA DE LONGE SOBRE O CARNAVAL DE ALPALHÃO

"Viva, bom dia. Só hoje é que vi, maravilhoso, dos infantis aos seniores, passando pelos juvenis! E é genuinamente alpalhoense, os cabelos apanhados, o vermelho das saias ondulantes crivadas de branco e o branco dos xailes pincelados de encarnado, e o ouro...tanto e tão vistoso, reluzente como o de Viana. Tantas reportagens nas televisões sobre tantos e tão "parvos" carnavais e zero sobre o carnaval de Alpalhão - onde está o Município que não providenciou a mostra desta riqueza cultural ao País?...Por onde anda a Região de Turismo que não exalta esta maravilha e este povo empenhado em manter a tradição, em transmitir o gosto pelo disfarce autêntico e rejeição do consumismo das Barbies e dos Homema Aranha...não sei que tipo de apoios obtiveram os Alpalhoenses envolvidos nesta grande manifestação de bom gosto e emoções, mas apetece-me escrever sobre isto. A quem devo ligar? `Talvez começar pela Junta de Freguesia para obter informação sobre os contactos realizados para a promoção do evento...não fosse o Mário Mendes e a sua máquina fotográfica e mais uma vez esta janela de cor e sentimento não se abria ao "mundo".....
Um abraço!
Nota: A carta é do ano passado e foi publicada em "O leitor dá cartas", numa das edições do Jornal de Nisa. Recuperamo-la, agora, porque se mantém o mutismo e a indiferença das entidades que deviam apoiar, sem favor, estas manifestações de cultura popular.